Leitura da Bolsa 07.03.2019

Leitura da Bolsa 07.03.2019

Todos os olhos no BCE e em Draghi

Diante de uma séria desaceleração do crescimento econômico da zona do euro, espera-se que o Banco Central Europeu reduza as previsões econômicas e dê seu mais forte sinal de que novos estímulos estão chegando na forma de mais empréstimos baratos.
Os empréstimos, conhecidos mais formalmente como Operações de Refinanciamento de Longo Prazo (TLTROs), deverão impulsionar os credores problemáticos da zona do euro.

 Huawei processa governo dos EUA

A fabricante de equipamentos de telecomunicações chinesa Huawei Technologies processou o governo americano, dizendo uma lei que limita seus negócios no país era inconstitucional.
A Huawei informou que entrou com uma queixa em um tribunal federal no Texas contestando a Seção 889 da Lei de Autorização de Defesa Nacional (NDAA), sancionada pelo presidente Donald Trump, em agosto, que proíbe agências federais e seus contratados de adquirir equipamentos e serviços da empresa.
O processo marca o mais recente confronto entre a empresa chinesa e as autoridades americanas e provavelmente prejudicará as perspectivas de um acordo comercial EUA-China.

Wall Street aponta para abertura em baixa

O mercado futuro dos EUA apontava para uma abertura ligeiramente em baixa, já que os investidores do mercado continuam focados nas relações EUA-China.
O índice blue chip futuros do Dow caía 78 pontos, ou 0,3%, os futuros do S&P 500 caíam 6 pontos, ou 0,2%, enquanto o índice futuro de tecnologia Nasdaq 100 indicava queda de 17 pontos, ou 0,25%.
Os movimentos no pré-mercado vêm depois que os principais índices de Wall Street caíram pela terceira vez na quarta-feira, com o S&P 500 registrando seu maior declínio de um dia em um mês.
Na Europa, as bolsas estavam em baixa, em todos os níveis antes da reunião do BCE. O índice pan-europeu STOXX 600 caía cerca de 0,4%, recuando ainda mais em relação às máximas de cinco meses alcançadas no início da semana.
Mais cedo, as ações na Ásia fecharam em queda, com os investidores demonstrando cautela sobre as perspectivas de crescimento global. O NIKKEI 225 do Japão caiu quase 0,7%, enquanto as blue-chips chinesas fecharam uma série de vitórias de quatro dias.

Pedidos de seguro-desemprego

Com relação a dados econômicos, os pedidos semanais de seguro- desemprego e os custos unitários do trabalho estão previstos para serem divulgados às 10h30 (horário de Brasília). Em seguida, os números do crédito ao consumidor serão divulgados às 17h00.
Um discurso do governador do Federal Reserve, Lael Brainard, também estará em foco.
O índice do dólar, que mede a força do dólar norte-americano em comparação com a cesta das seis principais moedas, ficou em 96,81, permanecendo próximo da alta de duas semanas de terça-feira, de 96,95.
No mercado de títulos, os preços dos títulos do Tesouro dos EUA estavam mais altos, pressionando uma leve queda nos rendimentos ao longo da curva com o título referência, com vencimento em 10 anos recuando para 2,68%.

 

Fone:
investing.com